Respiradores: Documentos mostram que SC mandou dinheiro à China antes de fechar negócio.

Informação foi revelada pela Procuradoria-Geral do Estado ao compartilhar com a Polícia Civil provas obtidas na investigação da

Respiradores: Documentos mostram que SC mandou dinheiro à China antes de fechar negócio.
Na “compra desastrada” – aspas para Douglas Borba, então secretário da Casa Civil – dos 200 respiradores pulmonares ao custo de R$ 33 milhões, foi enviado dinheiro para a China antes mesmo do contrato ser fechado. Essa informação inédita foi revelada pelo próprio governo do Estado, por meio da Procuradoria-Geral, nesta quinta-feira (16).
Esse detalhe está em um lote de documentos compartilhada nesta quinta pela PGE com a Polícia Civil. “Obteve-se acesso a documentos que comprovam que valores foram remetidos à China antes mesmo da existência de fatura comercial apta a amparar a transação”, informou o procurador-geral Alisson de Bom de Souza. A PGE também enviou à PC “conteúdo de comunicações entre as empresas brasileiras e chinesas”.
 
 
 
Fonte: ND mais - notícia do dia
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários
Publicidade
Publicidade

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

Envie sua mensagem e assim que possível estaremos respondendo!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.