Mais de 500 quilos de carne de cavalo apreendidos no Sul de SC estavam em CTG.

Polícia investiga se o material confiscado seria vendido para consumo humano.

Mais de 500 quilos de carne de cavalo apreendidos no Sul de SC estavam em CTG.
A Operação Hefesto apreendeu nesta quinta-feira (16) no Morro da Fumaça, no Sul catarinense, cerca de 520 quilos de carne de cavalo. Agora, a polícia investiga se os produtos seriam vendidos para consumo humano. Cinco pessoas foram presas.
Além da carne, foram apreendidos drogas, armas e dinheiro. A maioria das buscas aconteceu no CTG Herança do Velho Pai, no Bairro Frasson. As investigações começaram em maio de 2021 e conectam a possível venda ilegal aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e furto de gado.
Ao todo, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária, deferidas pela Justiça com o aval do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) .
Segundo o delegado Ulisses Gabriel, até o momento, cinco pessoas foram presas. Duas delas por crime contra o consumidor, outras duas por tráfico de drogas e uma por associação criminosa.
O nome da operação é em homenagem ao Deus mitológico grego do fogo, Hefesto. A referência, segundo a polícia, é aos tropeiros que traziam gado e paravam no Morro da Fumaça. Ali acendiam fogueiras em seus acampamentos devido às neblinas existentes no local.
 
Foto: Divulgação - Polícia Civil 
 
 
 
Fonte: Diário Catarinense
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários
Publicidade
Publicidade

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

Envie sua mensagem e assim que possível estaremos respondendo!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.