Grêmio empata com o Estudiantes e vai enfrentar o Fluminense nas oitavas da Libertadores.

Para mais de 30 mil torcedores no Couto Pereira, Tricolor cedeu igualdade nos minutos finais e terminou a primeira fase em segundo no Grupo C.

Grêmio empata com o Estudiantes e vai enfrentar o Fluminense nas oitavas da Libertadores.

O Fluminense, atual campeão da Libertadores, estará no caminho do Grêmio nas oitavas de final da Libertadores. Embora tivesse a ambição de terminar na primeira colocação do Grupo C e ter o Peñarol como adversário, o Tricolor ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Estudiantes na noite deste sábado (8), em Curitiba, e acabou na vice-liderança da chave, com 10 pontos e atrás do The Strongest pelos gols pró. A frustração ficou clara no semblante dos jogadores e de Renato.

Cristaldo marcou o gol do Grêmio, enquanto Mauro Mendez deixou tudo igual no Couto Pereira lotado por mais de 32 mil torcedores, que se deslocaram de todos os cantos até a capital paranaense e promoveram uma festa à parte. Até as oitavas de final, estarão à disposição os zagueiros recém contratados — Rodrigo Caio e Jemerson — além de outros reforços que poderão chegar na janela de julho. Antes disso, porém, o time de Renato Portaluppi terá a missão de se recuperar no Brasileirão e avançar na Copa do Brasil.

Renato lamenta empate do Grêmio com o Estudiantes e projeta jogo com o Fluminense: "Não tem jogo fácil"Renato lamenta empate do Grêmio com o Estudiantes e projeta jogo com o Fluminense: "Não tem jogo fácil"

Em um duelo de uma equipe já classificada e outra eliminada, o resultado poderia ser previsível. Entretanto, não foi o que ocorreu no Couto Pereira. Pelo contrário. O Grêmio deixou clara sua ambição de terminar na primeira colocação do Grupo C e, assim, ter o mando de campo no jogo decisivo das oitavas de final quando escalou força máxima. Incluindo o pendurado Cristaldo e o retorno de Pavon, recuperado de lesão. 

O Estudiantes, sem chances até de uma vaga na Sul-Americana, também mandou seus melhores para o jogo. E não só isso. Incomodou bastante o Tricolor e teve o domínio da posse de bola primeiro tempo. 

Melhores no início da partida, os argentinos por pouco não tiveram um pênalti ao seu favor aos sete minutos, quando Rodrigo Ely pisou em Correa dentro da área. O jogo ficou parado para a verificação da arbitragem de vídeo, que entendeu que o movimento do zagueiro gremista não foi suficiente para derrubar o atacante argentino.

O Couto Pereira parecia o velho Olímpico. No entanto, com o time descompactado e erros de passes, que proporcionavam mais posse de bola ao Estudiantes, o Grêmio não se encontrava na primeira etapa, embora a atmosfera das arquibancadas lhe beneficiasse. Aos 11 minutos, Piatti levou perigo em finalização defendida por Marchesín. 

Ainda assim, em um esforço de Diego Costa, o time tricolor conseguiu reagir e equilibrar o jogo em contra-ataques. Aos 17 minutos, com um passe de letra, o centroavante deixou Dodi na cara do goleiro. No entanto, faltou capacidade de finalização ao volante. Mansilla saiu em seus pés e fez a defesa. 

A sequência da etapa inicial foi de muita disputa física e marcação forte. Apesar de ocupar mais o campo ofensivo, o Estudiantes não ameaçou o Grêmio. O Tricolor, por outro lado, novamente com Diego Costa, teve uma boa chance aos 43 minutos. No lado esquerdo da área, ele limpou a marcação e cruzou com perigo, mas a defesa dos Pincharatas afastou.

 

Os 15 minutos de intervalo serviram para diagnosticar os motivos da má atuação na primeira etapa e encontrar a solução. Ao que tudo indica, esse processo funcionou. O Grêmio retornou do vestiário com maior ímpeto ofensivo e marcou o primeiro gol do jogo logo aos dois minutos.  

Em troca de passes que envolveu Reinaldo, Pepê e Diego Costa, o centroavante encontrou Cristaldo infiltrando na área. O meia argentino recebeu a bola, superou a marcação e bateu rasteiro. O goleiro Mansilla desviou, mas não o suficiente para evitar o 1 a 0 Tricolor. 

Um dos melhores jogadores do Grêmio na partida, Diego Costa precisou deixar o campo aos sete minutos do segundo tempo, quando lesionou o músculo adutor da coxa esquerda em uma dividida com Cetré. Em seu lugar entrou João Pedro Galvão, bem como Gustavo Nunes substituiu Pavon. 

Em busca de um 2 a 0 para ter mais tranquilidade na partida, o Tricolor manteve o ímpeto, mas viu o Estudiantes se soltar mais para o jogo, especialmente quando Eduardo Domínguez promoveu as entradas de José Sosa e Nicolas Fernández. Estudiantes troca passes e encontra um buraco no meio-campo gremista. Aos 13 minutos, Piatti lançou Correa, mas Marchesín abandonou a meta e protegeu a bola até sair em tiro de meta. 

Aos 30 minutos, João Pedro Galvão teve a chance de fazer o 2 a 0 quando arriscou de fora da área, buscando o canto. Atento, Mansilla mandou para escanteio. Na sequência, tentando renovar a energia do time, Renato colocou Carballo e Nathan Fernandes no jogo. A ideia, entretanto, acabou chamando mais os argentinos para o ataque. 

Cinco minutos depois, Rodrigo Ely errou e entregou a bola para Zapiola. O meia do Estudiantes recebeu livre, mas finalizou na trave. Na pressão, o gol de empate do Pincha saiu aos 37 minutos. Sosa cobrou escanteio, Mauro Méndez venceu a marcação e cabeceou para as redes, empatando o jogo e complicando as ambições gremistas de ser o primeiro colocado no grupo.

Próximo jogo 
Quinta-feira, 13/6, às 20h
Flamengo x Grêmio 
Maracanã - Brasileirão (8ª rodada)

 

 
 
 
Fonte: Gaúcha ZH
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários
Publicidade
Publicidade

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem e assim que possível estaremos respondendo!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.

Erro na Linha: #0 :: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122)
Unknown

Erro na Linha: #0 :: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/opt/alt/php72/var/lib/php/session)
Unknown