Após classificação na Sul-Americana, Inter foca em maratona de jogos por competições nacionais.

Até enfrentar o Rosario Central nos playoffs, colorados disputarão 10 partidas.

Após classificação na Sul-Americana, Inter foca em maratona de jogos por competições nacionais.

Classificado para enfrentar o Rosario Central nos playoffs da Copa Sul-Americana, o Inter guardará o passaporte pelos próximos 34 dias, período em que se dedicará às competições nacionais, com oito jogos pelo Brasileirão, o primeiro deles na quinta contra o São Paulo, e dois pela Copa do Brasil diante do Juventude. As próximas semanas continuarão em ritmo itinerante devido aos estragos sofridos pelo Beira-Rio durante a enchente.

A primeira parada será em Criciúma. A partida diante do Tricolor paulista será com mando colorado e disputada no Heriberto Hulse. O trabalho para colocar a casa do Inter a pleno funcionamento novamente está 33% concluído, de acordo com o presidente Alessandro Barcellos.

Há a expectativa de que o Inter retorne ao seu campo em julho, mas ainda não existe uma data definida. Até a retomada da normalidade, as sedes dos jogos como mandante serão definidas individualmente. Como visitante, o Inter jogará em Salvador, Curitiba (Gre-Nal), Criciúma, Bragança Paulista e Caxias do Sul.

— Nós traçamos um objetivo inicial. Montamos um comitê de crise. Esse projeto foi desenhado. Estamos dentro do cronograma, até avançados. Mas é muito prematuro dar uma data — explicou Barcellos.

Após a classificação no sufoco no 1 a 0 sobre o Delfín, no sábado (9), no Alfredo Jaconi, o técnico Eduardo Coudet tratou de escudar o seu trabalho com estatísticas. Ressaltou os índices de posse de bola de sua equipe, o número de finalizações realizadas e sofridas na Copa Sul-Americana e a campanha do ano.

Com dois jogos a menos do que Flamengo e Bahia, os ponteiros do Brasileirão, o Inter tem os mesmos 66% de aproveitamento de cariocas e baianos. O quadro, apesar da maratona de jogos, faz Coudet sonhar.
— Cada vez que perde parece uma catástrofe. Perdemos três jogos no ano (Guarany de Bagé, Belgrano e Athletico-PR). Pouco, não? Sei que tem expectativa. Vou para casa beber cerveja e sonhar que se vencermos os dois jogos atrasados nós seremos líderes — disse, otimista.

A logística da última semana, com viagem a Cuiabá e à Bolívia, fez até o argentino comemorar que a próxima partida será na quinta-feira (13) e disputada em Santa Catarina, o que facilita o deslocamento da delegação. O desgaste da retomada após um mês de pausa foi enfatizado pelo comandante:

— A sequência vai ser dura, mas vamos brigar. Estamos convencidos. Vamos ter momentos mais difíceis do que outros, com o físico e as viagens, até nos acomodarmos no CT e nosso estádio. Até lá, estaremos jogando sempre como visitantes.

Mesmo que a atuação contra o Delfín tenha ficado abaixo da expectativa por parte do torcedor, o único lamento do treinador foi em relação ao adversário, muito mais por questões sentimentais do que futebolísticas. O Rosario Central foi o clube em que Coudet iniciou a carreira de técnico, além de ter defendido como jogador.

— Era o único lugar onde eu não queria ir. Encontrarei um clube que amo. Minha gente. Sempre é difícil enfrentá-los. Seguramente vão ser duas partidas com um clima espetacular, como se fossem duas finais — revelou.

Mas até lá, Coudet terá uma imersão pelo Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

A maratona de jogos 

13/6 - Inter x São Paulo (Brasileirão)
16/6 - Vitória x Inter (Brasileirão)
19/6 - Inter x Corinthians (Brasileirão)
23/6 - Grêmio x Inter (Brasileirão)
26/6 - Inter x Atlético-MG (Brasileirão)
30/6 - Criciúma x Inter (Brasileirão)
3/7 - Inter x Juventude (Copa do Brasil)
8/7 - Inter x Vasco (Brasileirão)
10/7 - Bragantino x Inter (Brasileirão)
13/7 - Juventude x Inter (Copa do Brasil)

 

 
 
 
Fonte: Gaúcha/ZH
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
Comentários
Publicidade
Publicidade

Veja também

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\
Publicidade
Publicidade

Envie sua mensagem e assim que possível estaremos respondendo!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar o acesso, você concorda com nossa Política de Privacidade. Para mais informações clique aqui.

Erro na Linha: #0 :: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122)
Unknown

Erro na Linha: #0 :: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/opt/alt/php72/var/lib/php/session)
Unknown